A comovente e trágica história das irmãs “Rapunzel”

Publicidade

O Barnum e Bailey Circus apresentou um show chamado “As sete irmãs Sutherland”, em 1882, depois de assinar um contrato com as irmãs Sarah, Victoria, Isabella, Grace, Naomi, Mary e Dora, que tinham entre 18 e 36 anos.

Publicidade

Em sua apresentação, elas entraram no palco vestidas de branco, com seus cabelos presos, cantando uma seleção de canções. Mas o que ninguém esperava era que as irmãs iriam soltar suas tranças de quase 11 metros de comprimento no meio da orquestra, surpreendendo a todos que estavam assistindo o show.

A origem do Sutherland acontece em Vermont, Estados Unidos, seus pais Fletcher Sutherland e Mary tiveram cinco filhas biológicas e adotaram duas. Na época, a sociedade os repudiou. Com suas habilidades de canto, seu pai as levou para se apresentar ao show business em Circus, onde prepararam uma surpresa a mais para o público.

Publicidade

 

Naomi, uma das mais jovens, era casada com J.Henry Bailey, sobrinho do coproprietário do circo em 1885. Bailey imediatamente assumiu a gestão do show das irmãs e até começou a vender um tônico para o crescimento capilar, inventado a partir da receita de Mary, mãe das meninas.

Publicidade

Com seus ganhos, as irmãs decidiram construir uma propriedade vitoriana em terra que pertencia ao seu avô no oeste de Nova York.

Quando Noami morreu, suas irmãs ficaram devastadas. Acostumadas com festas dadas diariamente, o álcool entre outras drogas faziam parte da rotina das mulheres. Com o dinheiro e a fama, muitos rapazes tentaram se aproximar das irmãs. Um deles era Frederick Castlemaine, que flertava com Dora, mas acabou se casando com Isabella. Em 1897, Frederick se suicidou.

O corpo do rapaz foi levado para a mansão e colocado num caixão de vidro. Elas mantinham o caixão na sala e o visitavam sempre, cantando suas músicas favoritas. A situação só mudou quando o departamento de saúde interviu para que o cadáver fosse enterrado.

Isabella, a viúva, caminhava até o cemitério todas as noites por dois anos. Tempo depois, ela conheceu Alonzo Swain e se casou com ele.

Publicidade

As más decisões deste casamento levaram Isabella a vender suas ações no negócio da família e criar um negócio de um restaurador de cabelo. Não demorou muito para Isabella perder tudo e Alonzo automaticamente desapareceu do mapa, enquanto Isabella morreu na pobreza.

Quando Victoria, aos 50 anos, se casou com um rapaz de 19 anos, as irmãs a expulsaram de casa. Seu futuro certamente seria ficar sozinha, sendo o mesmo para Isabella e Sarah, em 1902.

Publicidade

Em 1926, as três irmãs que restaram visitaram os estúdios de Hollywood com a oferta de filmar um filme biográfico, mas o projeto foi cancelado quando Dora morreu em um acidente de carro durante sua estadia.

Meses depois, as duas irmãs voltaram para sua casa, vivendo seus últimos anos na miséria. A casa foi vendida e anos depois foi queimada, deixando apenas vestígios de Frederick Castlemaine e algumas garrafas velhas da tônica que os tornaram famosos.

Publicidade

Deixe um comentário...

%d blogueiros gostam disto: