Cidade destruída por asteroide pode ter inspirado história bíblica de Sodoma

Publicidade

Na história bíblica, a cidade de Sodoma foi destruída por Deus devido aos pecados cometidos pelos habitantes daquele local. A história contada no livro de Gênesis, do antigo testamento, conta que a cidade foi destruída por uma chuva de enxofre e fogo que caiu dos céus.

Publicidade

Acredita-se que a cidade de Sodoma estava localizada na região onde hoje conhecemos por Mar Morto, na Jordânia. A história intriga muitos pesquisadores e cientistas, que questionam se essa cidade realmente existiu e como ela teria desaparecido sem deixar rastros.

Muitas pesquisas sobre a destruição de Sodoma foram feitas ao longo dos anos. Dentre elas, as mais comuns são: sobre um asteroide que passou próximo daquela região elevando a temperatura que teriam devastado a região. Povos estrangeiros que invadiram aquela terra e terremotos que poderiam ter atingido a região.

Pesquisadores encontram queda de asteroide próximo a região de Sodoma

Um estudo mais recente, publicado no dia 20 de julho de 2021, pela revista Scientific Reports menciona a queda de um asteroide nessa região. O asteroide teria se chocado com a terra em 1650 A.C. (há 3600 anos atrás) e destruído a cidade de Tall el-Hammam, localizada no sul da Jordânia, ao noroeste do Mar Morto.

Sodoma e Tall el-HammamA pesquisa durou mais de 15 anos e se iniciou em 2006. A equipe de pesquisadores é composta por pessoas da América do Norte e Sul, Europa, Ásia, África, Austrália, Nova Zelândia e Oriente Próximo.

Quais foram as descobertas da pesquisa

A pesquisa descreve que além dos detritos comuns de cidades antigas destruídas por guerras e terremotos, outros objetos incomuns foram encontrados. Entre eles: pedaços de cerâmica que se derreteram em vidro; argila usadas nos telhados derretidas; pedaços de tijolos derretidos como se estivesse ‘borbulhando’.

Esses objetos incomuns sugerem que a destruição dessa cidade estava associada com um evento de alta temperatura ainda desconhecido, visto que os habitantes da Era do Bronze não possuíam condições de derreter esses tipos de materiais.

Provas que as altas temperaturas queimaram a cidade

Antigamente os cientistas acreditavam que a destruição de Tall el-Hammam teria acontecido por ações militares ao invés de impacto cósmico. No entanto, durante as escavações não foram encontradas evidencias de atividades militares durante a idade do bronze.

No local foram encontrados diversos quartzos de impacto, que são grãos de areias fraturados formados a 725.000 libras (algo em torno de 328.854 quilos) por polegada quadrada de pressão (5 gigapascais).

Sodoma e Tall el-Hammam

Publicidade

Qual a ligação com a cidade de Sodoma?

Existe a possibilidade que alguém tivesse sobrevivido, ou tomado conhecimento, do desastre em Tall el-Hammam e descrito os eventos, e essa história tenha sido reproduzida ao longo de gerações.

Assim como a história bíblica de Sodoma, Tall el-Hammam é uma cidade próxima ao Mar Morto que foi destruída por um asteroide que aumentou a temperatura daquela região ocasionando o fogo. Pode ser que a história contatada na bíblia seja uma espécie de descrição dos eventos que ocorreram em Tall el-Hammam.

Publicidade

Deixe um comentário...

%d blogueiros gostam disto: