Mulher joga cinzas do marido no lixo: “por todas as vezes que ele me maltratou”

Publicidade

A violência doméstica causa traumas irreparáveis na vida de uma mulher.

E por muitas vezes a mulher não pode ir embora da casa por conta de filhos e até mesmo por conta de sua situação financeira.

E esse foi o caso de Marsha Widener, uma moradora de Oklahoma, nos Estados Unidos.

O vídeo de Marsha jogando as cinzas do marido no lixo e se gravando foi ao ar em 2017, mas só foi descoberto recentemente.

Enquanto a mulher joga as cinzas do marido no lixo do quintal de casa, ela conta que ninguém da própria família quis os restos do corpo de Don Widener, que foi cremado logo após a sua morte.

Além disso, ela fala que como o marido trabalhava em como motorista de caminhão de lixo, ela apenas estava “mandando-o de volta para o aterro”, além de falar para a câmera frases com muita tristeza e emoção, como:

“Isso é por toda a dor e transtorno que isso causou a meus filhos e a mim, e ao que causou aos pais deles”

“Isso é por todas as vezes que ele me chutou na cabeça”

O que aconteceu depois na vida de Marsha?

Marsha criou seu próprio canal no youtube, denominado “Final Goodbye to the Dirty Bastard”, que em tradução livre fica “O Adeus Final para o Bastardo Sujo”.

Em seus vídeos ela conta um pouco mais de sua história e construiu uma rede de força e apoio para todas as vítimas de violência doméstica.

A internet ficou dividida sobre o destino final das cinzas de Don Widener. Se aquele deveria mesmo ser o descanso final de um ser humano, mas muitos dos internautas também tomaram as dores de Marsha e prestaram suporte.

Share

Deixe um comentário...