Navio de Guerra de 111 anos se transformou em uma floresta flutuante depois de ser abandonado

Publicidade

Situado na margem sul do rio Parramatta, em Sydney, na Austrália, há vestígios de quatro navios abandonados, incluindo o chamativo SS Ayrfield.

O cargueiro de 111 anos está cercado por uma densa floresta de manguezais e é conhecido por ter se transformado em uma floresta flutuante.

Atualmente, o SS Ayrfield é a principal atração da Baía de Homebush e atrai muitos visitantes.

A Floresta Flutuante é um dos marcos da Baía de Homebush. Crédito da imagem: Marc Dalmulder

O navio SS Ayrfield foi originalmente projetado para transportar cargas pelo mundo, mas agora ele está abandonado em uma área de desova de navios em Sydney, na Austrália.

Publicidade

De um barco para uma floresta. Crédito da imagem: Simon_sees

O navio foi construído em 1911 e serviu durante a Segunda Guerra Mundial para transportar tropas e suprimentos. Depois de se aposentar do serviço ativo, o SS Ayrfield foi usado como navio-tanque para armazenar óleo. No entanto, quando a demanda por esse tipo de navio diminuiu, o SS Ayrfield foi descontinuado e deixado para trás no lugar onde está atualmente.

O SS Ayrfield é um dos muitos naufrágios que ainda podem ser vistos na baía. Crédito da imagem: Marc Dalmulder

Apesar de ter sido abandonado, o navio relutou em perder sua utilidade e hoje abriga algo incrível de se ver, com sua estrutura de metal enferrujada e diversas árvores crescendo por dentro dele.

Publicidade

O navio tem uma longa história – ele até serviu na Segunda Guerra Mundial. Crédito da imagem: Russell Charters.

O SS Ayrfield é um lembrete de como a força da natureza é algo realmente impressionante. E mais importante, no entanto, o navio de 111 anos é um pequeno pedaço de história, que esperamos continuar a impressionar as pessoas por muito tempo.

Publicidade

O navio, tomado por árvores de mangue, é um pedaço da história. Crédito da imagem: Brent Pearson.

Bastante interessante, não?

Publicidade

Publicidade

Deixe um comentário...