Ossos indicam a fabricação de roupas há 120.000 anos

Publicidade

Ossos indicam a fabricação de roupas há 120.000 anos. Durante uma escavação, arqueólogos encontraram mais de 60.000 ossos de animais que indicam o uso como ferramenta para a confecção.

Publicidade

Emily Hallett, arqueóloga do Instituto Max Planck na Alemanha, publicou um estudo feito a partir das descobertas obtidas na escavação em uma caverna no Marrocos.

O formato dos ossos de animais se parecem com ferramentas descobertas em outras escavações. Seu uso tem relação com a prática de cortar couro.

Como consequência, é possível que os ossos de animais eram ferramentas para a fabricar roupas. Por sua vez, Emily deixa claro que é apenas uma chance, já que o couro é matéria prima para armazenagem.

 

Como os ossos eram usados como ferramenta para o uso de couro

ossos indicam a fabricação de roupas

Jacopo Niccolò Cerasoni/Twitter/Reprodução

Além dos ossos lapidados, encontraram ossos de raposas, chacais e gatos selvagens com marcas que indicam cortes com o propósito de remoção da pele.

Do mesmo modo, encontraram ossos de bovinos e além da remoção do couro, há indícios do uso das ferramentas para cortar a carne para  alimentação.

 

Pontos que validam a teoria dos ossos que indicam a fabricação de roupas

O estudo ganha força ao se levar em conta o período e o costume da humanidade na época. Pesquisas indicam que em tempos antigos a África, berço da humanidade, passava por bruscas mudanças de temperatura.

Como consequência e a migração para novos territórios, o couro seria um bom material para suportar as mudanças climáticas.

Semelhantemente, estudos quanto a piolhos presentes em roupas dos nossos antepassados dão base a este estudo e indicam uma evolução na prática que chegam há 170.000 anos.

Em contrapartida, o estudo apresenta dificuldades pois diferente dos ossos, tecidos sofrem com o tempo com rapidez. Dessa forma, é preciso analisar detalhes nos ossos e em outros meios que resistem ao tempo.

 

Publicidade

Deixe um comentário...

%d blogueiros gostam disto: