Pesquisadores exploram o “Poço do Inferno” pela primeira vez

Publicidade

O Poço de Barhout, conhecido como Poço do Inferno, é um poço localizado no Iêmen que possuí 30 metros de diâmetro e 112 metros de profundidade.

Publicidade

Essa formação natural, que assusta moradores da região, que acreditam que o local seja amaldiçoado, foi explorado pela primeira vez.

Localizado no deserto de Al-Mahara, o Poço do Inferno recebeu esse nome pois os moradores acreditam que o poço era a porta do inferno.

Publicidade

Como ainda era um local inexplorado, vários mitos foram criados em torno do Poço do Inferno e o que tinha dentro dele.

Uma das lendas mais famosas é que o local abrigava espíritos malignos conhecidos como “djinns”, seriam o equivalente aos gênios.

Já outros moradores evitam até mesmo mencionar o local com medo que ele traga má sorte para a pessoa e sua família.

Publicidade

O que foi encontrado no Poço do Inferno?

Diferente das crenças e mitos populares sobre o local, os pesquisadores não encontraram nada sobrenatural dentro do poço.

Dentro do Poço foram encontrados animais mortos, pedras com musgos formados por gotas de água e cobras.

“Havia cobras, mas elas não fazem nada com você se você não as perturbar. Pareceu-nos que esse projeto iria revelar uma nova maravilha e parte da história do Iêmen. Coletamos amostras de água, pedras, solo e alguns animais mortos, mas que ainda precisam ser analisados antes da publicação de um relatório”. Comentou Mohamed al-Kindi, professor de geologia na Universidade Alemã de Tecnologia de Omã.

Continuar lendo

Deixe um comentário...