Ucraniano tenta afundar iate avaliado em 42 milhões de reais de seu patrão russo

Nas últimas semanas o mundo parou para ver as notícias referentes a invasão da Rússia à Ucrânia. Diversos cidadãos estão fazendo o possível para ajudar a situação do país, como é o caso de um cidadão Ucraniano que afundou o iate de seu patrão russo.

Taras Ostapchuk de 55 anos é um mecânico náutico ucraniano que decidiu se vingar da situação atual de seu povo afundando o iate, avaliado em 7,7 milhões de euros (R$ 43,2 milhões) de seu patrão russo.

Taras trabalhava no iate a mais de 10 anos e disse que decidiu agir após ver as notícias sobre o conflito entre Rússia e Ucrânia.

Como forma de protesto o mecânico abriu várias válvulas hidráulicas do iate e causou um enorme estrago no iate, chegando a afetar a sala de engenharia. Antes de seguir com seu plano Aras pediu que todos funcionários do iate saíssem dele.

Durante uma entrevista ao jornal Majorca Daily Bulletin, Taras disse que não se arrepende do que fez e que faria de novo, ele completou que seu chefe é um criminoso que vende as armas que estão matando o povo ucraniano.

O dono do iate Lady Anastasia é Alexander Mijeev, CEO da Rosoboronexport uma empresa russa que vende produtos de defesa como armamentos, navios, tanques e veículos de guerra.

Taras Ostapchuk foi preso no sábado dia 26 de fevereiro e teve sua primeira audiência no domingo (27), onde comentou novamente sobre seu ex-patrão: Eu assisti as notícias sobre a guerra. Tinha um vídeo de um helicóptero atacando um prédio em Kiev. O armamento usado é produzido pela empresa do dono do iate. Eles estavam atacando inocentes.

Após ter sido liberado por fiança Taras, que morava na Espanha, voltou para seu país natal onde ele pretende se unir aos cidadãos ucranianos e lutar contra a Rússia.

Publicidade

Deixe um comentário...