Um dos maiores predadores que o oceano já viu: o Megalodon ainda existe?

Publicidade

O Megalodon foi um dos maiores predadores que o oceano já viu. Por mais de 14 milhões de anos, ele reinou nos mares de nosso planeta. Mas o poder de ninguém dura para sempre. Há cerca de 1,6 milhão de anos, o megalodonte desapareceu súbita e misteriosamente.

Seu parente mais jovem, o grande tubarão branco, permaneceu conosco e continua a despertar medo, admiração e curiosidade. O mistério da extinção do megalodonte e da sobrevivência do grande tubarão branco é um dos grandes mistérios da paleontologia.

Características

Apesar de sua semelhança com tubarões, os megalodons eram muito mais próximos das baleias! Os megalodons se moviam quase na mesma velocidade das baleias hoje. Eles eram caracterizados por baixos níveis de resistência e um lento processo metabólico.

No entanto, apesar de tudo isso, eles estavam no topo da cadeia alimentar devido ao seu tamanho.

Quão grande era essa espécie de tubarão?

O tamanho exato do megalodon é desconhecido. No entanto, ele foi o maior predador que já existiu. E a julgar pelos restos encontrados, o comprimento do tubarão antigo alcançava de 18 a 25 metros, e seu peso era de mais de 40 toneladas.

Será que um megalodon ainda existe hoje?

Embora nunca tenhamos visto megalodons vivos, não se pode argumentar que eles não permaneceram em algum lugar no fundo dos oceanos do mundo. Afinal, o espaço oceânico permanece pouco estudado até hoje.

Em 1928 e 1933 houve relatos de que na costa da Ilha do Sul (Nova Zelândia), perto da vila de Rangior, os residentes locais viram um enorme tubarão, cujo comprimento chegava a 12 m. No entanto, não há confirmação dessas histórias.

Portanto, não há razão para dizer que o megalodon ainda vive nas águas dos oceanos e mares. Além disso, muitos são os fatos que refutam a existência do megalodon até hoje.

Pesquisas e descobertas modernas indicam que essa espécie de tubarão antigo vivia predominantemente perto de zonas costeiras. Foi nas águas rasas que cerca de 400 dentes fossilizados foram encontrados.

E nos últimos 300 anos, não vimos um único megalodon nas costas do mar e do oceano. Portanto, um tubarão tão grande simplesmente não pode passar despercebido.

  • Veja também: O Grande Tubarão-Branco Foge Na Presença Deste Superpredador Dos Oceanos
Share

Arqueologia, sociologia, biologia, astronomia, tudo que mais gosto de estudar e pesquisar!

Deixe um comentário...